Mercado de trabalho » Relacionamento

Conexão RP – Aeroporto

A rotina das relações públicas no Aeroporto Salgado Filho

Elita ao lado de uma aeronave. Foto: Arquivo pessoal

O aeroporto Internacional Salgado Filho, localizado em Porto Alegre/RS, é considerado o 8º mais movimentado do Brasil em número de passageiros transportados, segundo dados divulgados pela ANAC. Desde sua fundação, em 1973, até o ano de 2017, o aeroporto foi comandado pela empresa brasileira Infraero, a qual administra desde grandes aeroportos até pequenos que ainda não recebem voos comerciais regulares. Atualmente, a empresa privada Alemã, Fraport AG Frankfurt, assumiu o comando da organização pelos próximos 25 anos.

São diversos os profissionais atuantes para que tudo saia como o esperado e, em meio ao grande fluxo de pessoas que transitam pelo aeroporto diariamente, fica difícil perceber o trabalho do grande número de funcionários, das mais diversas áreas, que atuam na companhia para mantê-la sempre funcionando, de forma que seus passageiros possam ter as melhores experiências. Em meio a todos estes profissionais que, muitas vezes passam despercebidos está, também, o de RP que, apesar de seu cargo estar em constante crescimento no mercado, ainda passa alheio em empresas tão grandiosas como essa.

Para entender um pouco melhor o papel deste profissional frente ao desafio de gerenciar a comunicação de um Aeroporto internacional com seus diferentes públicos, em entrevista, a ex-aluna da PUCRS e atual profissional de Relações Públicas, formada em 1997, Elita Salvi, atualmente, no Ministério da Fazenda, conta como foi sua trajetória ao longo dos anos em que atuou no Aeroporto.

Fonte: autoria do grupo

Elita relembra que chegou na organização, na qual atuou por mais de 17 anos, através de concurso público para a função administrativa, e após alguns anos, passou a ocupar o cargo na área da comunicação.

Na área das relações públicas, Elita trabalhou na organização e cobertura de eventos, realizando matérias para o jornal interno, além de apoio no atendimento e na assessoria de imprensa, clipagem diária dos principais jornais gaúchos e coordenação do espaço cultural. Ela também relata que realizava atendimento às personalidades públicas e autoridades que compareciam na empresa.

Cada dia é desafiador, surgem situações atípicas que devem ser solucionadas – Elita Salvi

Elita afirma a importância de um profissional de RP nas organizações. “É fundamental, pois atua também como um facilitador, intermediário entre as diversas áreas da instituição”. Ao ser questionada sobre como acredita que a profissão vem crescendo nos últimos anos, afirma que a área cresceu e tende a crescer ainda mais, devido a modernidade e às novas tecnologias. Com esse avanço, acredita que a profissão foi beneficiada. “É mais uma ferramenta que se deve utilizar, tanto para o diagnóstico da situação, como estratégias para se alcançar os objetivos e para o prognóstico de cada situação que se pretende atingir”, conta Elita. Para ela, a tecnologia é uma aliada das Relações Públicas, podendo ser utilizada como uma ferramenta de trabalho.