Mercado de trabalho » Empreendedorismo

4 Dicas para quem deseja empreender na Comunicação

Se você deseja abrir seu próprio negócio e não sabe por onde começar, confira as nossas dicas.

Foto: Divulgação Lorean

Pode-se entender o empreendedor como aquele que inicia algo novo, aquilo que ninguém viu ou se viu ainda não fez. Aquele que não apenas sonha e idealiza, mas também age. Normalmente, são pessoas guiadas pela autorrealização, afim de assumir novas responsabilidades por algo que acredita.

O termo empreendedor vai muito além do conceito destinado à criação de uma empresa no mundo dos negócios. O Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) utiliza a definição do autor Louis Jacques Filion: “um empreendedor é uma pessoa que imagina, desenvolve e realiza visões.” Ele se refere a quem tem planos e objetivos, planeja, trabalha duro e sai de sua zona de conforto, transformando seu negócio em realidade. Inicialmente, antes de simplesmente abrir um negócio, é importante que sejam realizadas análises, pesquisas, para que, a partir da experiência de outros empreendedores, possamos empreender por nós mesmos.

Para a elaboração dessas dicas, contamos com a ajuda de empreendedores que começaram a atuar no mercado recentemente, e através de suas experiências e sucesso, foi possível estabelecê-los como referências. As empresas que nos auxiliaram nesse processo estão descritas abaixo para que você possa conhecê-las melhor. Então, acompanhe as nossas dicas!

Agência Lorean – A agência foi criada em 2016 pelos relações-públicas Pedro Becker e Jason Mello, com a intenção de levar uma comunicação integrada das organizações para um patamar maior, impactando pessoas de forma diferenciada e agregando valor. Apesar do foco principal ser o digital, a empresa busca pensar também no “off-line”, implantando uma comunicação integrada e estratégica.

Equipe Piensa. Foto: Divulgação Piensa

Agência Lure | Comunicação & Saúde – Criada no início de 2018 por duas relações-públicas, Luiza Cavagnoli e Renata Muller, a agência é especializada no segmento da saúde, atendendo clínicas, laboratórios, médicos. Aliando necessidade do mercado com realização própria, pois as sócias objetivaram focar na comunicação e marketing destinados ao nicho da saúde.

Agência Piensa – Direcionada à comunicação e relacionamentos, a agência foi criada em 2016 por três sócias relações-públicas, Alessandra Schaeffer, Ana Elisa Pires e Roberta Schimitt e já possui mais de 10 clientes fixos. A proposta é conectar pessoas e marcas por meio de estratégias, para que se encontrem, se encantem e se relacionem por meio da boa experiência e personalização dos serviços.

Equipe G – Uma empresa de marketing e eventos, com oito anos de experiência no mercado, a Equipe G atua de forma estratégica, levando benefícios para seus clientes. Atualmente, a empresa é gerenciada por um relações-públicas, além de parceiros e fornecedores, que busca o desafio de desenvolver projetos inovadores e estratégicos para atender demandas de mercado. 

Eduardo Baldasso. Foto: Divulgação Equipe G

Agora, confira as dicas!

1) Faça Networking

A primeira dica para quem está começando a empreender é estabelecer uma boa rede de relacionamentos. Networking é essencial para a construção de um novo negócio, pois contribui no processo de referência dos públicos. Conforme as sócias da Agência Piensa, “faça networking. São essas boas relações e conexões que farão sua empresa crescer, receber indicações e fechar futuros negócios. Sempre temos muito para ouvir.”

Luiza Cavagnoli e Renata Muller. Foto: Divulgação Lure

2) Não tenha medo de empreender

Outra dica muito importante no processo de empreendedorismo, é deixar de lado toda e qualquer insegurança, ansiedade ou medo de investir e apostar na sua ideia. Para as garotas da Agência Lure, é fundamental não desistir. “Vai dar medo, vai dar desespero. No entanto, resultará em muita experiência e aprendizado, nunca será em vão”. Eduardo Baldasso, da Equipe G, também acredita nessa dica e completa, “não deixe o medo tomar conta de suas vontades, às vezes precisamos arriscar para conseguir realizar nossos projetos!”

3) Valide a ideia pelo mercado

A terceira dica sugerida é testar suas ideias e propósitos de empreendedorismo a partir do mercado. Ou seja, ele é quem vai validar a sua proposta de negócio. Para Pedro Becker (Agência Lorean), “vai para a rua! Não perde tempo, vai testar  e validar essa ideia, vendo como o mercado reage (…) o mercado que vai te dizer!”

4) Não deixe que o dinheiro te impeça de empreender

Por fim, a quarta dica foi dada pela agência Lorean, pois eles reforçam que para empreender, não é necessário altos investimentos, e sim boas ideias e pessoas que acreditam nelas. “Não devemos parar na barreira do dinheiro”, afirma Pedro. Segundo ele, a agência Lorean começou com uma verba de apenas R$ 600.