Skip to main content
Foto: Camila de Oliveira

O Pole Dance é uma arte praticada há mais ou menos 250 anos, porém mais conhecida através das mulheres que dançavam em boates fazendo o famoso striptease. A arte foi inicialmente praticada por ginastas homens em postes de madeira, em circos.

A medida que o tempo foi passando, o material da barra foi mudando para algumas modalidades, instaurando a barra de metal como a mais usada no pole dance. Com suas otimizações temporais, ganhou espaço entre as dançarinas burlescas, que, com sensualidade e graça, divertiam as plateias, fazendo danças eróticas com a barra e o palco. Foi só nos anos 1980 que as documentações sobre striptease e poledancing começaram a surgir nos Estados Unidos e Canadá.

Para conquistar um lugar de respeito entre as artes, por toda bagagem do passado, da imagem que essa dança deixou nas cabeças de muitas culturas, o pole dance passou a ser divulgado como esporte e, cada vez mais, está conseguindo construir um sólido espaço, também por terem sido criadas diferentes modalidades dentro da própria dança, como o pole fitness.

É um esporte que treina os membros inferiores, superiores, abdômen e coluna, pois usa apenas a força do corpo como resistência, com ou sem barra. Além disso, também fortalece a autoconfiança e a autoestima. São movimentos estáticos, giratórios, que incorporam a ginástica olímpica, o balé, dança contemporânea e movimentos livres. É um esporte que pode ser praticado por qualquer gênero, idade, tamanho e peso.

As informações são do site Dança no Mundo.